Cuidado com a sua língua, a língua tem mais poder que a peçonha da cobra. A mentira é um poder maligno, que julga e condena sem ao menos um julgamento. A vantagem da verdade é que não precisamos nos preocupar em lembrar-se do que falamos. Não de atenção a língua venenosa, e é fácil reconhece-la, a língua venenosa é aquela que da muita explicação sobre um problema simples, é a que dá muitas versões do que poderia ter sido feito para resolver, é a que usa as  expressões “você não acha que”,” eu não lembro”, “eu nunca diria isto de você”, “é um absurdo”. A língua bendita é calma, é pura, respira antes de falar, pois consulta o coração e não o cérebro. Portanto trate da sua doença, para depois identificar a doença dos outros, ou seja, controle sua língua e você vai aprender a identificar a língua dos outros.

Veja no evangelho.

Tiago 3.8: ”mas nenhum homem pode domar a língua. É um mal que não se pode refrear; está cheia de peçonha mortal.”

Tiago 3.9 “Com ela bendizemos a Deus e Pai, e com ela amaldiçoamos os homens, feitos à semelhança de Deus.”

Salmos 141.3: “Põe guarda, SENHOR, a minha boca; vigia a porta dos meus lábios”